Saiba como fazer um planejamento estratégico para o seu negócio!

Saiba como fazer um planejamento estratégico para o seu negócio!

Planejamento é uma peça-chave para qualquer negócio, seja ele aquele que está começando agora, seja o que já esteja consolidado no mercado. Ele é responsável por proporcionar o sucesso do seu estabelecimento, seja no quesito financeiro, seja na projeção de imagem perante os seus clientes, bem como sua fidelização.

Assim, quanto melhor for o planejamento estratégico, maiores serão as chances de crescimento. Por isso, é fundamental saber de que forma realizá-lo, para conseguir melhores resultados.

Aprenda, então, neste post, como preparar um por meio de suas principais etapas. Acompanhe!

O que é um planejamento estratégico?

O planejamento estratégico é um processo administrativo de forma a definir estratégias ou tomadas de decisões para o negócio de acordo com objetivos traçados, bem como as formas que serão executadas. Normalmente, apresenta orientações bem claras para determinadas situações, de acordo com a realidade do negócio e da área em que ele está inserido.

Sua importância se dá na necessidade de antecipar problemas e situações a que sua empresa estará submetida, de forma a garantir que as metas desejadas sejam alcançadas da melhor forma, sem comprometer a saúde financeira dela.

Assim, em casos de problemas, todos os envolvidos saberão exatamente o que fazer, seja para aproveitar brechas de oportunidade, seja em situações de problemas.

Para que serve o planejamento estratégico?

O planejamento estratégico é fundamental, principalmente diante de mercados cada vez mais dinâmicos em todos os setores. Pense que recentemente passamos por um período bastante instável, com crises financeiras e políticas, que deixaram todos os segmentos de mercado com mais incertezas do que certezas e, por isso, era necessário ter solidez e foco em todas as ações realizadas.

Esse método de planejamento é importante por este quesito: ele determina diretrizes importantes a serem seguidas para que você possa garantir menos riscos para seu negócio a longo prazo. Assim, em situações de vulnerabilidade do mercado, sua empresa terá as previsões sobre tudo que deverá ser feito para protegê-la de problemas.

Além disso, esse planejamento é essencial para fundamentar o crescimento e expansão do seu negócio, evitando que um momento que deveria ser positivo para o negócio acarrete em consequências negativas.

Por exemplo, expansões, aquisições e fusões podem representar muito mais um prejuízo do que algo positivo, caso não seja feito de forma adequada. Assim, o planejamento estratégico traz as diretrizes para analisar o momento em que esse tipo de ação deve ocorrer e os passos que devem ser seguidos para este fim.

Como fazer um planejamento estratégico eficiente?

Além de compreender a importância do planejamento estratégico, é fundamental saber como realizá-lo de forma eficiente para que os resultados de fato sejam alcançados. Alguns pontos precisam ser seguidos, tal como veremos a seguir.

  • Pergunte, qual é o meu negócio? Importante que todos os envolvidos saibam exatamente qual é o negócio da empresa.  Se você não sabe qual é o seu verdadeiro negócio, como identificará o que deve fazer futuramente? Para onde ir? Em que investir? As oportunidades podem aparecer a todo o momento, contudo, saber abrir mão daquelas que não estão relacionadas diretamente ao seu negócio é um dos passos mais importantes.
  • Defina os Pilares Estratégicos do seu negócio. Qual são seus valores, suas crenças e filosofia. Defina sua Missão, a razão de ser da sua organização. Estes pilares nortearão quais serão as decisões a serem tomadas sobre o que deve ser feito, o que não deve ser feito, quais são os limites do seu negócio, entre outros pontos.
  • É preciso identificar quais são as metas e indicadores que são mais importantes para seu negócio a longo prazo — afinal, nem todas as métricas são aplicáveis ou têm a mesma relevância para todos os negócios. Um negócio do setor de vendas terá metas e indicadores diferentes daqueles que prestam serviço para os clientes. Assim, é preciso fazer adequações para conseguir melhores resultados.
  • Identifique os projetos atuais do seu negócio e quais deseja implementar a longo prazo.
  • Escolha as equipes que trabalharão com o planejamento estratégico e o papel de cada pessoa nesse processo.
  • Defina como será feito o monitoramento passo a passo do processo de implementação do planejamento estratégico e quais serão os colaboradores envolvidos neste processo.
  • Estabeleça um cronograma de ação, prevendo o monitoramento e possíveis alterações no que foi planejado inicialmente.

Seguir esses pontos é fundamental para que seu planejamento estratégico seja bem consolidado. Caso contrário, os riscos de que suas ações sejam não só malsucedidas, mas também que gerem impactos significativos para sua empresa, de forma negativa, são aumentados.

Quais são suas principais etapas?

Para sua elaboração, deve-se pensar que as estratégias são formas de percorrer um caminho até o seu objetivo final proposto. Cada etapa, portanto, é um passo importante nesse percurso. Então, é essencial administrar cada uma delas de forma consciente, a fim de garantir que esses passos serão traçados corretamente, sem colocar o seu planejamento em xeque. Conheça, a seguir, as principais etapas da elaboração desse documento.

Defina os pilares estratégicos

Logo no início é imprescindível criar uma identidade para sua empresa que seja entendida e possa ser praticada por todos. Portanto, deve-se definir qual é o seu negócio, a sua missão, quais valores são relevantes, quais são os fatores críticos de sucesso e, por fim, aonde se pretende chegar, ou qual a visão de futuro.

Essas questões são importantes, pois refletem também na imagem que sua empresa passará para seus clientes futuramente e, também, na cultura organizacional.

Analise os cenários

Deve-se conhecer o cenário como um todo para que se possa pensar em formas objetivas de crescer nesse contexto. Esse conhecimento engloba questões relacionadas a:

  • pontos fortes e fracos da sua empresa;
  • vantagens e desvantagens da área de atuação;
  • oportunidades e ameaças inerentes aos seus segmentos;
  • quais são os principais concorrentes do setor e quais são seus respectivos pontos fortes e fracos;
  • cenário macroeconômico da área de atuação;
  • quais são os possíveis cenários de crise a curto e a longo prazo.

Essas definições são importantes para saber em qual situação sua organização se encontra. Se você não sabe onde está, dificilmente saberá aonde quer chegar.

Escolha as estratégias

Após compreender a situação na qual está inserida a sua organização, é hora de definir como fazer um planejamento estratégico para conseguir o que deseja. Isso perpassa questões como:

  • Qual a verba inicial disponível para investir no negócio e metas de aumento desse valor em curto e longo prazo?
  • Quais as formas de divulgação que serão utilizadas?
  • Qual o perfil do seu público-alvo?
  • Como potencializar pontos fortes e contornar as fraquezas da sua empresa?
  • Qual a imagem que deseja passar para seus clientes?

A partir disso você estabelece como deseja traçar esse caminho, ou seja, qual a melhor forma de alcançar o que propôs como meta.

Determine o modelo de negócios

Qual será o modelo de negócios que será utilizado em sua empresa? Nesta etapa, definem-se os seguintes pontos:

  • quais os fornecedores que serão contratados para compra de insumos;
  • local de instalação;
  • definição de público-alvo;
  • quais serão os parceiros.

Faça o monitoramento

O planejamento estratégico deve compreender não só o que necessita ser feito, mas também como será desenvolvido e de que forma será avaliado se está sendo cumprido o que foi estipulado ou não. É nessa etapa que os indicadores definidos nas metas serão testados e avaliados, bem como é realizado o diagnóstico organizacional.

Para isso, é fundamental que você defina as métricas para o monitoramento, bem como a periodicidade da verificação e qual será o protocolo de ação caso seja encontrado algo que possa representar um risco para sua empresa. Lembre-se de que essa é uma etapa estratégica e não pode ser deixada de lado.

Reestruture e faça a contenção de crises

Caso ocorra alguma divergência, deve-se pensar na reestruturação do planejamento estratégico ou, em casos mais complicados, quais as medidas para contenção de crises. É a hora de repensar o que não deu certo e aplicar medidas a fim de voltar para o caminho traçado anteriormente.

Quais ferramentas podem auxiliar em sua elaboração?

Algumas das ferramentas aplicáveis em todos os tipos de negócio e que você pode utilizar internamente para auxiliar na elaboração de um planejamento estratégico eficiente são:

  • análise SWOT;
  • BSC (Balanced Scorecard)            ;
  • definição de missão, visão e valores;
  • metas SMART;
  • matriz BCG;
  • plano tático;
  • planos de ação, entre outros.

Quando ele deve ser utilizado?

O planejamento estratégico deve ser usado durante todo o período de atuação da empresa, sendo colocado em prática desde a sua abertura. Ele deve ser revisto e refeito periodicamente, adequando-o às novas situações do mercado e do negócio.

Dessa forma, será possível, por meio de um planejamento estratégico sólido, traçar caminhos inteligentes para conquistar os objetivos pretendidos a curto e a longo prazo. Isso se torna essencial para o crescimento da sua empresa.

Gostou de saber como fazer um planejamento estratégico e deseja ver mais dicas sobre gestão de negócios? Então assine nossa newsletter e receba todas as dicas diretamente em seu e-mail!